Auto-salvamento: Natação para a prevenção de afogamentos


afogamentos

No Brasil, os afogamentos são a segunda maior causa de morte entre as crianças, conforme dados do Ministério da Saúde. Os afogamentos acontecem de forma rápida e silenciosa.

Por isso é necessário supervisionar as crianças de forma ativa e constante quando estiverem em piscinas, praias ou até mesmo na hora do banho.

O afogamento ocorre, em geral, por asfixia em virtude da aspiração de líquido. A falta de oxigênio no sangue pode causar desmaio, parada cardiorrespiratória e paralisia cerebral. Estas ainda podem levar à morte ou graves sequelas.

Dessa forma a Natação vai além de ser uma atividade física!

A modalidade também auxilia no desenvolvimento e aprendizagem motora, o que ajuda muito no aprendizado do auto-salvamento.

Quanto mais cedo for iniciada a estimulação aquática, mais rápido e eficaz será o aprendizado da Natação. Procurar escolas de natação especializadas é um bom incentivo aos pais, porém, saber nadar ou escolher um lugar raso não são motivos suficientes para prevenir acidentes. Por isso, fique atento!

O auto-salvamento é um dos fatores que são trabalhados durante as aulas de natação, desde bebês até os mais grandinhos. O fator mais importante é ensinar a criança manter a flutuação! Ou seja, manter o rosto livre, acima do nível da água, mantendo assim a respiração!

Nós da Planeta Corpo temos uma profunda preocupação com afogamentos e, por isso, em Novembro, o mês Nacional de Segurança Aquática, nós vamos falar mais sobre o assunto, para que vocês, pais estejam sempre alertas.

Quer ensinar seu filho a nadar, e ainda mais importante, a estar preparado para um possível afogamento? Marque já uma aula experimental, aqui!

Esperamos por você e pelo seu pequeno(a)!
Equipe Planeta Corpo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *