14 dicas para um verão mais seguro 1


O verão vem vindo e com ele a preocupação com as crianças no meio aquático.

Quer ficar relaxada e despreocupada, ensinar seu filho a nadar, e ainda mais importante, a estar preparado para um possível afogamento? Marque já uma aula experimental de natação, aqui!

Como nem todas as crianças sabem nadar, juntamente com o INATI, resolvemos dar algumas dicas de segurança aquática, para você ter um verão mais seguro!

  1. Lembre-se: mesmo que haja guarda-vidas, é responsabilidade dos acompanhantes da criança cuidar dela;
  2. Sempre tenha as crianças à vista e saiba onde elas estão;
  3. Nunca deixe uma criança sozinha perto ou dentro da água em uma piscina, lago, mar, rio, etc… A supervisão de um adulto é fundamental sempre!
  4. Recipientes que possam acumular água (baldes, piscinas plásticas, caixas d’águas, caixas de gelo, aquários, banheiras, vaso sanitário, tanques, etc…) representam um risco sério de afogamento. Mantenha esses recipientes sem água ou tampados quando não estiverem em uso;
  5. Se uma criança estiver ausente ou desaparecida, sempre verifique primeiro os locais com água (piscina, banheiras, etc…). Segundos contam em um caso de afogamento;
  6. Remova os brinquedos de dentro e ao redor da piscina quando não estiverem sendo usados; Assim as crianças não ficam com vontade de pegar determinado brinquedo, correndo risco;
  7. Não considerar as crianças “à prova de afogamento” só porque elas têm ou já tiveram aulas de natação. As aulas de natação são essenciais porém a supervisão de um adulto também;
  8. Sempre esteja ciente dos riscos potenciais em todos os ambientes da sua casa e também em outras casas, durante as férias e finais de semanas (hotéis, chácaras) ou em piscinas públicas. Pesquise o lugar para ver se tem grades ou cercas seguras, portões fechados, ralos adequados e piscinas protegidas;
  9. Instrua as babás e cuidadores sobre os perigos da água e enfatize a necessidade da supervisão constante;
  10. Nunca é cedo demais para conversar com as crianças sobre segurança aquática. E depois, continuar alertando sempre;
  11. Ensine as crianças a verificar a profundidade da piscina antes de entrar;
  12. Sempre utilize coletes salva-vidas em barcos, mesmo que você saiba nadar. Acidentes acontecem e “afogamento é democrático” e não discrimina por cor, raça, sexo, idade e habilidade aquática;
  13. Em locais públicos todos devem respeitas as regras de uso, sinalizações e as determinações do guarda-vidas;
  14. Aprender a nadar é fundamental em qualquer idade!

Na Planeta Corpo, nós ensinamos mais do que a nadar. Temos uma preocupação constante com as crianças quando o assunto é segurança aquática, e sempre temos aulas com ensinamentos de auto-salvamento.

Através do conhecimento e dessas 14 dicas, o verão se torna mais seguro!

Se você quer que os seus filhos aprendam a nadar, não perca tempo!
Marque agora uma aula experimental, previna-se e tenha um verão mais calmo e seguro.

Entre em contato com a gente por aqui e marque já!

Esperamos por você,
Equipe Planeta Corpo
Segue cartaz do INATI com todas as informações acima, para você mostrar para toda a família!
verão mais seguro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “14 dicas para um verão mais seguro